<linearGradient id="sl-pl-cycle-svg-grad01" linear-gradient(90deg, #ff8c59, #ffb37f 24%, #a3bf5f 49%, #7ca63a 75%, #527f32)
Carregando...

Veja como se cadastrar para receber o Bolsa Família!

Com a mudança na presidência o Auxílio Brasil voltou a se chamar Bolsa Família e tem como objetivo ajudar famílias em situação de baixa vulnerabilidade. 

Esse programa social foi justamente criado por conta disso, não é à toa que hoje em dia milhões de famílias já são beneficiadas e estão tendo uma vida mais digna. 

Continue conosco e confira todos os detalhes e se você também tem direito de receber esse benefício. 

Quem pode receber o Bolsa Família?  

Antes de receber o Bolsa Família é necessário saber se você se enquadra nos requisitos estabelecidos pelo governo para ter direito. 

Além disso, como citamos o Bolsa Família é voltado para famílias que se encontram em situação de baixa vulnerabilidade, ou seja, pobreza e extrema pobreza.  

Sendo assim, para ser um beneficiário é necessário se enquadrar nas seguintes regras: 

  • Estar devidamente inscrito no CadÚnico (Cadastro Único); 
  • Os dados cadastrais devem estar atualizados nos últimos dois anos; 
  • Famílias em situação de pobreza devem ter uma renda mensal per capita entre R$105,01 e R$210; 
  • Famílias em situação de extrema pobreza devem ter uma renda mensal per capita de R$105. 

Onde e como realizar o cadastro? 

Antes de tudo, vale destacar que famílias que já recebiam o Auxílio Brasil passaram a ter direito automaticamente ao Bolsa Família. Deste modo, não é preciso fazer um novo cadastro se você já e inscrito. 

Estar inscrito no CadÚnico é muito importante, pois, é a partir disso que você tem a possibilidade de receber algum benefício do governo. Consequentemente, para receber o Bolsa Família você precisa estar devidamente inscrito. 

Sendo assim, se você ainda não está inscrito no CadÚnico e se enquadra nos requisitos do governo para receber o Bolsa Família deve procurar o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) da sua região e levar os seguintes documentos: 

  • RG; 
  • CPF; 
  • Comprovante de residência.  

Além do valor de R$600,00 disponibilizado pelo benefício, o beneficiário ainda conta com um adicional de R$150,00 para famílias com crianças de até 6 anos de idade.

Portanto, além do valor do programa o beneficiário ainda tem a possibilidade de receber esse adicional. Basicamente o Bolsa Família é composto pelos seguintes benefícios:

  • Renda de Cidadania + Benefício complementar para atingir o piso de R$ 600,00.
  • Primeira Infância no valor de R$150,00 para criança de até 6 anos de idade.
  • Variável familiar para gestantes, crianças e adolescentes com idade entre 7 e 17 anos de R$ 50,00.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *